Na Espanha, a esquerda deu mais um drible na direita que se diz de centro, apesar do crescimento da extrema direita.
Por quanto tempo a direita extremada ficará no poder no Brasil?
E por quanto tempo aguentaremos a direita dissimulada, que se nega a assumir sua porção bolsonarista, no governo do Estado e em Porto Alegre?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


1 + 4 =