O jornalismo e o golpe

A CUT/RS promove esta semana um seminário sobre comunicação, e um dos temas dos debates está presente em qualquer conversa pós-golpe. O que a comunicação (considerando-se aí a imprensa em geral) tem a ver com o momento político.

O painel sobre política e comunicação é na quinta-feira, dia 1º de dezembro, às 9h30min, no auditório da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras/RS, em Porto Alegre. É para profissionais da comunicação dos sindicatos filiados e para diretores das entidades.

Os debatedores serão Juremir Machado da Silva e este que vos fala. O assunto é bom, e sempre me agrada participar de uma conversa sobre jornalismo com o Juremir.

Vou dizer o que repito como obviedade: sem o jornalismo subserviente não teria acontecido o golpe.

One thought on “O jornalismo e o golpe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 5 =