Abutres

A especulação corre solta numa segunda-feira de pavor em Buenos Aires. No dia seguinte à vitória de Fernández e Cristina na prévias, o dólar chegou a subir 35% e foi a 60 pesos. Fechou a 57,30.
Macri põe a culpa nos vitoriosos. Clarín e La Nación dão espaço para que Macri dissemine o medo. Os dois jornais têm a mesma manchete agora à tarde.
Macri diz que o kirchnerismo não tem a confiança do mercado e não oferece credibilidade.
Fernández e Cristina seriam culpados pela crise. Macri é governado pelo FMI e foi subjugado pelos que tentam ganhar agora, na especulação, o que não poderão ganhar mais adiante, se a direita perder a eleição de outubro, como está claro que vai perder.
A direita especula em meio à desgraça de um país quebrado. O especulador é o abutre comendo os restos do macrismo destroçado.
E a culpa, segundo Macri, o amigo de Bolsonaro, é do peronismo kirchnerista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


1 + 2 =