ANDORINHA

A Folha empacou no caso da gangue do WhatsApp. Grandes reportagens são as que fazem com que as revelações do dia seguinte sejam sempre melhores do que as do dia anterior.
A Folha não conseguiu aprofundar a denúncia sobre o grupo de empresários bolsonaristas que dissemina difamações contra Haddad.
Não dá pra se entusiasmar muito com o jornalismo de uma andorinha.
Fica claro que o jornal deixou a repórter Patrícia Campos Mello sozinha, numa empreitada que deveria envolver um mutirão.
Um jornalista pode muito pouco contra um exército milionário de difamadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


8 + 9 =