Blasé

Sergio Moro ataca o Intercept desde as 10h. A cada três frases, uma é para desqualificar o jornal, que vem sendo citado de forma depreciativa com agressividade.
Procurei alguma coisa no site do Intercept sobre os ataques. Não encontrei nada.
Não acho que seja uma boa ideia. O ex-juiz é o personagem do mais devastador trabalho do jornal no Brasil.
O Intercept não pode, por respeito aos leitores, ter uma postura olímpica, em nome de uma possível estratégia.
A soberba é um defeito da direita, acentuado desde o golpe de agosto de 2016. O Intercept não deveria sugerir que não se importa com os ataques de Moro e que vai respondê-los na hora certa.
Parece blasé e antigo. O Intercept precisa se manifestar no site.
(Não estou tratando de resposta de conteúdo, que certamente terá, mas de resposta direta aos ataques. São coisas diferentes, apesar de parecerem a mesma coisa.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 3 =