Blogueiros são ex-jornalistas?

Me contaram há alguns dias que uma colunista gaúcha classificou jornalistas blogueiros como ex-jornalistas. É um ataque depreciativo que nem a direita assumida comete.

Sei que não é verdade, porque continuamos na lida longe das redações. Pois fico sabendo agora, pela voz de Jorge Furtado, que não somos ex-jornalistas. Minha modéstia me manda compartilhar esse trecho de reportagem do Sul21, porque não é todo dia que se aparece ao lado de Jânio de Freitas numa citação de Jorge Furtado:

“O futuro do jornalismo depende dos jornalistas. Porque tem jornalistas bons em qualquer lugar, eles podem escrever até sozinhos. Eu vou seguir o Jânio de Freitas onde ele for. Se ele sair da Folha amanhã e abrir um blog, vou ler o blog dele. Eu continuo lendo o Moisés Mendes no blog dele. Ele saiu da Zero Hora, mas leio no blog dele. É uma diferença: a credibilidade não é mais só do veículo, mas da pessoa”.

Concordo com o Furtado que os blogueiros continuam ajudando a reinventar o jornalismo, no momento em que a grande imprensa enfrenta uma crise generalizada de desconfiança.

(Este é o link da matéria).

‘Sobrevivência só é possível com a verdade’: debate colocou no divã as crises do jornalismo

One thought on “Blogueiros são ex-jornalistas?

  1. Não te preocupa com a opinião dos colunistas do dito grande jornal de Porto alegre, Moisés. Na verdade estes caras são calunistas. Penas pagas para escrever contra os partidos de esquerda e Lula. Esta gentalha escreveria contra a própria mãe deles se assim o patrão o quisesse e os ordenasse. Não passam de vermes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 5 =