Comparações

Me contaram que saiu um texto assinado num jornal gaúcho, no fim de semana, comparando os ataques de Trump à imprensa americana às críticas de Lula à imprensa brasileira.

Como meu informante é confiável, eu acreditei. Mas é de duvidar que um jornalista possa fazer comparação tão esdrúxula.

Comparar Lula a Trump e a imprensa liberal americana à imprensa golpista brasileira é subestimar a inteligência média dos leitores.

A imprensa americana, com todos os seus defeitos (e muitos erros históricos graves), combate a direita raivosa representada por Trump. A imprensa brasileira, decadente, alquebrada e tomada por reacionários, agrega todos os ódios da direita e ajudou na articulação do golpe.

Não há como comparar uma e outra sem ser ridículo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


8 + 4 =