Cúmplices

O antipetismo mais infantil enfrenta o mesmo dilema da Globo: ou aceita que só Haddad pode derrotar o fascismo, ou todos serão devorados pela extrema direita no poder.
Uma extrema direita que não estará apenas em Brasília, mas empoderada ao redor de todos nós, nas ruas, nas escolas, na vizinhança, nos restaurantes, nas igrejas, no comando dos serviços públicos, nos almoços de domingo.
O avanço das trevas conta com a cumplicidade desse antipetismo mais infantil. Que é tão doente quanto os doentes que idolatram o candidato da extrema direita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 4 =