Eles sentiram a falta de Lula

Um amigo passou pelo Parcão, em Porto Alegre, na hora em que os de amarelo faziam a manifestação pró-Moro hoje à tarde (eles não se encorajam a defender Bolsonaro, só o Moro).
Ele ficou até constrangido com o que viu. Pouca gente, quase nada. Só brancos e de meia idade, uma maioria de homens, muitos com óculos escuros.
Meu amigo viu mais bandeiras em varais à beira da calçada do que gente na manifestação.
A libertação de Lula tirou alguns moristas de casa. Mas a maioria preferiu ficar vendo na TV o discurso de Lula em São Bernardo.
Até a extrema direita estava com saudade de Lula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 6 =