Esquina Democrática

Padilha disse que a tempestade cessou. E O Globo online está pedindo a renúncia do jaburu-rei em editorial neste momento.

São duas provocações. A Globo vai querer dizer depois que derrubou o jaburu. E Padilha quer provocar a turma antes de cair com a Gangue do Jaburu.

O que importa é que tem rua de novo hoje. A rua é que vai derrubar o jaburu-rei. Começa às 17h na Esquina Democrática. Ontem, a avalanche de 40 mil pessoas foi da piazada. Hoje, a minha turma deve tentar emparelhar.

Depois, vou comer um bauru com ovo em alguma esquina da Cidade Baixa.

Quero poder contar aos meus netos e lembrar o gosto do bauru no inverno do fim do golpe.

Vou pedir uma Coca Zero e o garçom vai dizer:

– Pode ser Pepsi?

Eu vou responder:

– Hoje, pode ser até suco de guanxuma.

Estou me sentindo eufórico. Pena que alguns colegas jornalistas, que beberam a poção do jaburu, não possam sentir o mesmo.

One thought on “Esquina Democrática

  1. Não consegui ir. Cheguei em Porto Alegre as 19 horas. Mas vim de um nordeste onde, no interior, 90% sao apoiadores de Lula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


2 + 8 =