FH, o grande captador

O Instituto Fernando Henrique Cardoso é um dos cem maiores captadores de dinheiro via Lei Rouanet. Está na coluna de hoje da Monica Bergamo na Folha.

A CPI da Lei Rouanet, que eu nem sabia que ainda funcionava, quer convocar FH para que explique as captações. São mais de R$ 14 milhões.

O que ele vai dizer, como a coluna já antecipa? Que a fundação é cultural, porque guarda todo o acervo do ex-presidente, que é muito valioso.

FH, claro, tem acervo, e Lula tem tralhas que o juiz Moro quer catalogar. Lula corrompe, FH capta. Lula dá palestras, FH profere conferências.

E o Judiciário seletivo não consegue captar um tucano que seja (do metrô, da merenda, de Furnas, das privatizações, do mensalão mineiro…) para o acervo do combate à pilantragem que anda com o pulôver nos ombros.

Eu já vejo FH na CPI discorrendo sobre as preciosidades que seu instituto preserva para o bem da História e do povo. Cada um com as suas culturas.

As leis, inclusive a Rouanet, são aplicadas no Brasil de acordo com a clientela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


2 + 1 =