Gestores ausentes

É esclarecedor do que se passa nas capitais o artigo de Álvaro Costa e Silva na Folha sobre a incapacidade do prefeito Crivella de entender a complexidade do Rio e de agir.
Crivella, diz ele, é um gestor imobilizado pela incompetência e pela omissão. Fugiu da cidade durante sua maior festa popular e reapareceu no momento da intervenção do jaburu que persegue pobres e negros. Nada é com ele.
O artigo poderia ter sido escrito para tratar de outros gestores municipais do mesmo calibre, que também sumiram no Carnaval.
A direita está decidida a destruir as cidades e o país no menor tempo possível. O que sobrar será depois privatizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


2 + 2 =