GILMAR MENDES E OS INFELIZES

Eu já torcia pela Globo, andava torcendo pelo Estadão e pelos generais e agora passo a torcer pelo Gilmar Mendes, depois dessas definições para os procuradores da Lava-Jato:
“Cretinos, infelizes, reles e desqualificados”.
Por quê? Porque não entendem nada de processos, tramaram acordos de delação, vazaram informações da Lava-Jato e ameaçaram juízes do Supremo.
Gilmar Mendes também atacou a tentativa de criação da Fundação Organizações Tabajara da Lava-Jato, o escândalo dos R$ 2,5 bilhões da Petrobras idealizado por Deltan Dallagnol.
“Sabe-se lá o que poderiam estar fazendo com esse dinheiro”, disse o ministro. É isso mesmo, sabe-se lá o que planejavam. Dizem que seria um fundo para a campanha de Sergio Moro à presidência em 2022, mas aí a acusação é muito grave.
Se procuradores identificados com a esquerda (como esses são com a direita) propusessem essa imoralidade, já estariam afastados compulsoriamente dos cargos.
Hoje, estou satisfeito com o que Gilmar Mendes disse a respeito dos espertalhões da Lava-Jato loucos por dinheiro grosso.
Só falta agora eu começar a torcer pela Record e pela Bandeirantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


8 + 9 =