Lentos para a maioria

A pressa no julgamento de Lula apenas prova que a Justiça brasileira é lenta quando os reclamantes são pobres, negros, índios, sem-terra, sem-teto e movimentos sociais.
Mas é rápida para agir contra esses grupos sociais e contra os inimigos da direita.
É constrangedor. É vergonhoso. Mas sempre foi assim. O processo contra Lula só denuncia ainda mais uma realidade que, por tratar de questões nem sempre noticiadas, fica quase submersa.
O Judiciário desqualifica o Judiciário. Com o Supremo e com tudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 6 =