LIMPEZAS

Essa notícia ficou nos cantos dos jornais. Flávio Bolsonaro continua limpando a área. Valdenice de Oliveira Meliga, a Val, ex-assessora do deputado, que que assinava cheques em nome dele e era tesoureira do PSL do Rio, foi dispensada pelo partido no Rio. Flavio é o presidente do partido no Estado.
A moça não cuida mais da tesouraria. Valdenice é irmã dos milicianos gêmeos Alan e Alex Rodrigues de Oliveira, ex-policiais presos em uma investigação que apura uma quadrilha de PMs especializada em extorsões.
São de uma área inovadora da milícia, capazes de transformar R$ 12 em mais de R$ 1 milhão em pouco tempo. Só com extorsão.
Flavio Bolsonaro se protege e vai tirando incômodos que estejam muito por perto. Mas será que Valdenice, que se afasta enquanto o Ministério Público investiga Flavio e Queiroz, foi degolada numa boa?
Veremos mais adiante. Por enquanto, tudo continua sob controle para os amigos milicianos. A preocupação agora é ressuscitar a Lava-Jato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


5 + 5 =