Mais parentes

A mulher de mulher de Gilmar Mendes é sócia do escritório que defende Eike Batista.

A ex-mulher de Gilmar Mendes defende o homem do Jaburu no Tribunal Superior Eleitoral (no caso do processo tucano contra as contas da chapa Dilma-Temer).

A filha de Rodrigo Janot é advogada da OAS, a empreiteira envolvida em quase todos os rolos da Lava-Jata.

Um irmão do procurador federal Diogo Mattos, da força-tarefa da Lava-Jato, é advogado do delator João Santana, que acusa Lula e Dilma.

Todos estão na moita. Mas deveriam imitar o gesto do ministro do Supremo Marco Aurélio Mello, que se declarou impedido de atuar em casos que tenham advogados ou clientes do escritório de advocacia de Sérgio Bermudes.

Por que ele tem mulher, filho ou irmão no escritório? Não. Porque tem uma sobrinha. Apenas uma sobrinha.

E os outros? Os outros, com mulher, irmão, ex-mulher, a sogra, os amigos tucanos e jaburus, com interesses misturados no público e no privado, esses acham tudo normal.

Boa parte da estrutura da justiça brasileira (incluindo o Ministério Público) está contaminada pela direita sem escrúpulos e sua parentada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


5 + 1 =