MORO NÃO PODE SER MELINDRADO

Folha e Globo decidiram esconder a notícia sobre a recomendação de Sergio Moro a Dallagnol para que a procuradora Laura Tessler, que ele considerava fraquinha, fosse treinada ou não participasse do interrogatório de Lula.
A escala dos procuradores foi alterada e ela não participou do depoimento de Lula em maio de 2017, como revelam novos diálogos divulgados ontem pelo Intercept.
Nenhum dos dois deu chamada de capa para o assunto, nem nos cantinhos. Sergio Moro parece ter ressuscitado. Os editoriais de Folha e Globo são cheios de melindres para falar de Moro.
A Folha não diz nada com nada, informando apenas que o futuro de Moro depende das próximas denúncias, e o Globo afirma que o caso assumiu caráter político e que a oposição “começa a ficar repetitiva”.
O Estadão, que chegou a bater no juiz dias atrás, nem trata do escândalo Moro-Dallagnol nos editoriais.
Parece que, por enquanto, o Intercept depende mesmo só de Reinaldo Azevedo na grande imprensa.

One thought on “MORO NÃO PODE SER MELINDRADO

  1. * Sera por que pelo menos nao atenderam ao Glenn e solicitaram ao dallagnol que provasse que as denuncias veiculadas pela intercept sao falsas?!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 2 =