Murchou

Deltan Dallagnol ditando lições de combate à corrupção no Jornal Nacional. Mas a voz parece menos assertiva.
Gilmar Mendes abalou a confiança do moço que pretendia se apropriar, com uma fundação tipo Organizações Tabajara, de R$ 2,5 bilhões da Petrobras.
Está ruim a cara de Dellagnol. Está bem murcha, sem brilho. Mas ele é muito religioso. Com fé, ainda pode tentar outro tipo de empreendimento mais modesto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


2 + 4 =