NAS VÍSCERAS DA LAVA-JATO

O Globo entrou no caso dos vazamentos para ajudar a esclarecer ou talvez para tentar confundir. O jornal informa agora em manchete, com a tarja de exclusivo, que o ataque aos sistema de comunicação do Judiciário e do Ministério Público foi mais amplo do que se pensava (eles, do Globo, não pensavam?).
O jornal está certo que as informações foram vazadas por ações de hackers, mesmo que nada disso tenha sido comprovado até agora.
O jornal informa que foram invadidos os sistemas de mensagens de vários procuradores da República em pelo menos quatro Estados e de um jornalista do Globo, Gabriel Mascarenhas.
Até o ex-procucador-geral da República Rodrigo Janot teria sido hackeado por pessoas que o Globo define como “criminosos” (só quando os vazamentos não favorecem as organizações Globo é que a ação vira coisa de criminosos).
O vazamento atingiu o que o Globo diz ser “o coração da Lava-Jato”. É mais provável que tenha atingido todas as vísceras, inclusive as que guardam o que havia de mais imundo na operação.
A coisa está crescendo. Mas o jornalista Glenn Greenwald, do Intercept, já havia anunciado que iria crescer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 4 =