O ataque de Gilmar

Já torcia pela Globo, pelo Estadão, pelos generais e pelo Gilmar Mendes. Agora torço por Alexandre de Moraes. Torço pelo que ele decidiu hoje à tarde.

Que são suspensos os todos os efeitos do acordo celebrado pela força-tarefa da Lava-Jato de Curitiba que previa a criação de uma fundação com R$ 2,5 bilhões recuperados da Petrobras.

Que sejam bloqueados todos os valores depositados na conta da 13ª Vara Federal de Curitiba (a vara especial de Sergio Moro).

Que qualquer movimentação desse dinheiro seja submetida à “expressa decisão do Supremo Tribunal Federal”.

Deltan Dallagnol, o cara da Fundação Organizações Tabajara de Curitiba, ficou mal. Está sem o dinheiro e foi assim ele e seus colegas procuradores foram definidos por seus colegas procuradores:

“Gentalha, gangster, cretinos, falsos heróis, infelizes, reles e desqualificados”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 2 =