O gordinho e o jornalismo golpista

A fúria dos jornalistas de direita com o encontro Trump-Kim Jong-un pode fazer com que a tentativa de acordo seja desfeita logo.
A Casa Branca deve estar preocupada com o editorial de hoje da Folha. Para a Folha, não há acordo nenhum.
Mas os editoriais da Folha, que ainda são lidos por hábito dos mais veteranos do jornalismo (que é o meu caso) não são levados a sério nem na casa azul dos próprios Frias. Até porque estão com linguagem de editorial do século 19.
Os editoriais da Folha parecem transcrições de discursos com todavias, portantos e poréns das falas do jaburu.
Qualquer dia a Folha, que gosta de abrir votos, pode dizer que vota em Bolsonaro. E ninguém ficará sabendo. Eu aviso vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 6 =