O MANUAL

Quando o jornalismo se dedica a debater como se faz um jornal, e não o que um jornal de fato faz, é porque o jornalismo foi pro brejo.
O interminável debate da Folha em torno do seu Manual de Redação é a confissão de que o exibicionismo pueril superou o relevante no jornalismo.
É como se a Ford convocasse especialistas em automobilismo para um grande debate público sobre o seu manual de conduta e saísse a publicar manchetes a respeito. Todos os dias.
A Ford não cometeria esta asneira. Os compradores de carro estão interessados na performance do carro e não na beleza do manual da empresa ou do manual do proprietário.
O jornalismo é a cara do país. Os jornais são parte da estratégia da direita para infantilizar a democracia, a política e os leitores. O manual é o espelhinho dos jornais. Tem índio que se encanta.

One thought on “O MANUAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 6 =