O SENADOR APENAS AMIGO DOS MILICIANOS

Li agora mas parece ser gozação. Uma nota do senador Flávio Bolsonaro anunciando que vai processar o jornalista Ancelmo Gois, do Globo.
Diz a nota, sobre um texto de Ancelmo a respeito da tragédia do desabamento dos prédios construídos pelas milícias no Rio:
“Em sua coluna de hoje, Ancelmo Gois afirma que eu apoio milícia, cometendo um crime contra mim e atingindo minha honra. Vai ter que provar no Judiciário, pois vou processá-lo cível e criminalmente. Enfia meu nome no meio de um assunto que não tem absolutamente nada a ver comigo, no único intuito de atacar um Bolsonaro. Ignora a dor de familiares que perderam seus entes queridos para explorar politicamente a tragédia. Sempre apoiei e continuarei apoiando POLICIAIS!”
Flavio Bolsonaro poderá dizer que não apoia milicianos. Mas que apenas dá emprego a parentes e amigos de milicianos.
E que elogia, exalta e concede honrarias a milicianos (como fez quando era deputado).
E que mantinha um motorista ligado a milicianos que gerenciava uma caixinha com parte dos salários dos seus assessores.
Ele pode admitir que fazia tudo isso, porque há provas de que fazia. Há provas até de que tira fotos fazendo pose com milicianos.
Mas apoiar milicianos? Nunca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


7 + 9 =