Padilha

Mais um que salta fora do barco de Sergio Moro. José Padilha, o cineasta da direita, que ajudou a endeusar o ex-juiz, escreve essa frase retumbante em artigo na Folha:
“O descaso de Moro com dados que contrariam suas crenças é um exemplo do que chamo de desonestidade intelectual”.
O cara que manipulou fatos e frases para transformar Moro num Batman na série O Mecanismo agora fala em honestidade intelectual como se fizesse uma descoberta.
Padilha sabia com quem lidava e fez parte da propaganda morista-bolsonarista.
Pede pra ficar, Padilha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 6 =