POLÍTICA PRA QUÊ?

Que presente ganhei ontem. Um final de tarde relaxante, de conversas boas, na praça de Tapes.
Eu só queria distribuir meus panfletos, falar um pouco da candidatura a deputado estadual pelo PT e ouvir. Não falei pouco, mas ouvi muito mais.
Os moradores de Tapes querem conversar, querem saber da política, querem opinar. Uma das melhores trocas foi com um grupo de jovens.
As dúvidas que eles têm são, com mudanças de detalhes, as mesmas que todos nós tivemos nessa idade. A maior delas, a mais inquietante, é essa: pra que fazer política?
Eu disse que faço política porque não há outro jeito de lidar com tudo que é ou deveria ser coletivo. A direita deseja ser monopolizadora da política, sempre com a conversa que tenta desqualificar a própria política.
O que mais a direita faz depreciando a política é isso mesmo, a direita faz política. A pior política, a mais traiçoeira, a que diz não ter ideologia mas aplica golpes, a mais mentirosa de todas as políticas.
Deu vontade de voltar a Tapes, e eu vou voltar, pra continuar as conversas na Praça Rui Barbosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 7 =