Sem chance

A democracia nos oferece a chance (mesmo que tantas vezes ilusória) de que um dia poderemos nos livrar dos quadrilhões e dos jaburus, porque eles foram escolhidos pelo voto.
Mas é duro saber que ninguém pode nos livrar do poder absoluto de um déspota que se transforme, sem voto, em ministro do Supremo.

One thought on “Sem chance

  1. Todos nós sabemos de quem você tá falando, Moisés. Só sugiro que tu e outros guerreiros (no bom sentido, óbvio) da comunicação acertem melhor o alvo. O alvo são os outros dez. Covardes, velhos (não por terem 70 anos, são velhos de cabeça, de mente). Só existe o déspota porque existem os dez covardes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 4 =