Com tudo

Com o Supremo, com tudo. Com o Supremo, com tudo. Com o Supremo, com tudo. Com o Supremo, com tudo. Com o Supremo, com tudo. Com o Supremo, com tudo. Com o Supremo, com tudo.
Algumas frases parecem saídas do bico de um papagaio, porque seus autores não são responsabilizados por nada. Com o Supremo e com tudo pode dizer tudo e pode também, como crime premeditado e anunciado, não resultar em punição alguma.
É apenas um aviso de que as coisas serão levadas adiante com o Supremo e tudo mais. E quem a pronuncia tem a certeza contida na própria frase de que é assim, com o Supremo e com tudo, e que por isso mesmo nada acontecerá.