O metrô e a fome

A direita argentina ofereceu aos moradores de Buenos Aires uma experiência única.
O governo da província suspendeu uma linha do metrô, para impedir que as pessoas se mobilizassem em direção ao centro, para um protesto de denúncia da miséria e da fome.
Mas o protesto aconteceu, com repressão e tudo. A foto é do Página 12.

O TERRA DOS TERRAPLANISTAS

Cada vez que o nome do ministro da Cidadania, Osmar Terra, aparece em alguma notícia me recordo da sua passagem pela Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul.

Hoje, ele diz que o maior problema do país é a obesidade, não a fome. Assim, concorda com seu chefe, que com uma declaração eliminou a fome de todo o Brasil.

A frase de Terra seria apenas infeliz, se não fosse cruel com os pobres, os miseráveis e principalmente os negros cada vez mais discriminados. O que o Brasil mais tem desde o golpe é gente desempregada. E logo depois, gente passando fome.

Há uns 10 anos, quando era secretário da Saúde de Yeda Crusius, o tucano Terra foi autor de uma ideia (fracassada) também controversa e envolvendo a pobreza.

Terra patrocinaria, como secretário, uma pesquisa científica com com jovens violentos internos da Fase, a fundação que tratada de adolescentes infratores, para saber o que determinava suas condutas criminosas.

Neurociência e genética eram ciências da moda e iriam lastrear a pesquisa, com um pouco de sociologia e outras ferramentas. Mas por que pesquisar meninos pobres e miseráveis que vão parar na Fase? Para reafirmar os estigmas que carregam?

Por que não com os meninos de classe média e ricos que nunca seriam recolhidos à Fase por algum delito grave?

A pesquisa não foi adiante, porque se levantou a suspeita
generalizada de que negros e pobres estariam mais uma vez à disposição da “ciência” dos brancos e bem de vida para avaliações que sempre se dizem bem intencionadas.

O que Terra queria provar? A reação de gente de todas as áreas evitou que a pesquisa do secretário fosse adiante.

Mas ele continua aí dizendo o que pensa. É interessante que, num governo tomado pelos terraplanistas, um de seus sábios se chame Terra.