OS INFILTRADOS

É boa a ideia de Sergio Moro de infiltrar agentes entre bandidos e quadrilhas. O juiz deve andar vendo muito filme do José Padilha.
Mas pode dar certo. Poderão começar infiltrando policiais em empresas, latifúndios e grileiros que submetem seus empregados ao escravismo e que poderão atuar à vontade com a extinção do Ministério do Trabalho.
Se quiserem, que infiltrem agentes em empresas que sonegam, adulteram leite, fazem lavagem de dinheiro, financiaram as campanhas da extrema direita e apoiam a perseguição a minorias sob o pretexto de que atuam em nome de Deus.
Infiltrem agentes entre os próprios apoiadores de Bolsonaro. Tudo gente ponderada e benemerente, que promove campanhas de filantropia por puro altruísmo.
Infiltrem nessas empresas seus melhores agentes, todos disfarçados com máscaras de Sergio Moro e Magno Malta.