COLABORACIONISTAS

Diplomatas estão sendo submetidos à humilhação que o bolsonarismo impõe há muito tempo a servidores de todas as áreas do governo, principalmente da educação e do meio ambiente.

É constrangedor para o Itamaraty que funcionários de carreira aceitem treinar Eduardo Bolsonaro para a sabatina no Senado. O jornalista Guilherme Amado conta que o filho do homem passa por aulas intensivas de decorebas, para saber mais sobre o Brasil e as relações ditas internacionais.

É mais do que um mico, é um vexame. Diplomatas devem compartilhar conhecimentos e informações. Mas treinar um sujeito sem qualificação para que enfrente uma prova no Senado?

Os diplomatas estão preparando o filho de Bolsonaro como quem prepara um calouro para o programa do Sílvio Santos?

Servidores do próprio Itamaraty devem ser os primeiros a reagir. Se ficarem calados, como têm ficado muitos funcionários de outras áreas, estarão sendo coniventes com a subserviência a uma farsa.

O bolsonarismo conseguiu cooptar servidores da educação e do meio ambiente para levar a diante a perseguição e a destruição da estrutura de ensino, aprovar agrotóxicos no atacado e consagrar a omissão como prática diante dos crimes contra florestas, rios e índios.

Sem essa de que trabalham sob pressão. Sob pressão mesmo estão os fiscais do Ibama abandonados por Bolsonaro na Amazônia. Servidores da estrutura de Brasília têm a obrigação de reagir, como muitos bravos têm feito.

Faltava a diplomacia ser prestativa e conivente com a família que tomou o poder. Diplomatas que treinam o fritador de hambúrguer serão cobrados pelo que fizeram.

Como conseguiu?

Conhecidos que admiro (entre os quais um amigo) dedicaram-se durante anos ao projeto de ser diplomata. Estudaram, se puxaram, se sacrificaram, mas não conseguiram, porque é uma empreitada para poucos.
Como Ernesto Araujo, um cara que não acredita no aquecimento global, que prega a xenofobia, que vê comunistas em toda parte, que raciocina como um antidiplomata contra a globalização e o multiculturalismo e que acredita em mula sem cabeça, conseguiu o milagre de se tornar um diplomata?
Como chegou ao posto de chanceler, aí é outra história. Talvez até porque acredita em mula sem cabeça.

Diplomacia de primeira

Foi degolado por Bolsonaro o embaixador Paulo Roberto de Almeida, que havia republicado os textos de Fernando Henrique Cardoso e do ex-embaixador e ex-ministro Rubens Ricupero sobre os horrores cometidos pela diplomacia fundamentalista do chanceler Ernesto Araújo.
Araújo pediu e Bolsonaro mandou demitir Almeida do cargo de diretor do Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais (Ipri), órgão vinculado ao Ministério das Relações Exteriores. Ele estava na direção do instituto desde 2016.
Fui agora ao perfil de Almeida no Facebook e lá está um texto em que ele diz que Olavo de Carvalho afirma não ter culpa pela demissão. E o diplomata escreve: “Claro que ele não é o responsável, seja este um “fdp” ou não”.
E sobre a demissão, Almeida escreve: “Aparentemente, personalidades autoritárias não apreciam espíritos libertários como é o meu”.

Watch The Lego Batman Movie (2017) Movie Online Streaming & Download

WATCH NOW


Quality : HD
Title : The Lego Batman Movie
Director : Chris McKay.
Writer : Chris McKenna,Erik Sommers,Seth Grahame-Smith.
Release : 2017-02-08
Language : English.
Runtime : 104 min.
Genre : Fantasy, Action, Animation, Comedy, Family.

Synopsis :
Movie The Lego Batman Movie was released in February 8, 2017 in genre Fantasy. Chris McKay was directed this movie and starring by Will Arnett. This movie tell story about In the irreverent spirit of fun that made “The Lego Movie” a worldwide phenomenon, the self-described leading man of that ensemble—Lego Batman—stars in his own big-screen adventure. But there are big changes brewing in Gotham, and if he wants to save the city from The Joker’s hostile takeover, Batman may have to drop the lone vigilante thing, try to work with others and maybe, just maybe, learn to lighten up.

WATCH NOW

Pobre Itamaraty

O que será que diplomatas de carreira, com anos de estudos dedicados às relações internacionais, acham da condição de subordinados a Aloysio Nunes Ferreira?

Com Serra, que não sabia nem o significado da sigla Brics, o Itamaraty já havia sido ofendido. Com este agora, é vilipendiado.

O golpe não respeita nem a diplomacia.