Alguém teria dito que João Santana disse que…

Manchete espetacular da Folha online, que ajuda a desmoralizar o próprio jornalismo:

“Dilma me alertou sobre prisão, diz

Santana para tentar destravar delação”

E a notícia verdadeira é esta, para quem vai bem mais adiante e lê a matéria (muito ruim): “Pessoas com acesso às investigações afirmaram que Santana diz ter sido avisado de sua prisão por um aliado de Dilma, a pedido da então presidente, com quem o publicitário tinha uma relação de amizade”.

1 – Pessoas com acesso às investigações?

2 – Essas pessoas dizem que Santana teria dito que teria sido avisado.

3- Avisado não por Dilma, mas opor um aliado de Dilma.

5 – O aviso teria sido feito a pedido da então presidente.

E isso aí vira manchete? Santana teria dito que um aliado teria…

O jornalismo da grande imprensa está fazendo um grande esforço para acabar antes do prazo previsto.

E ainda há quem pretenda comparar isso aí com o jornalismo americano, por mais imperfeito que este seja.

Meio mundo

O depoimento do marqueteiro João Santana à Justiça poderá levar a Polícia Federal, o Ministério Público e o Judiciário a pegarem meio mundo.
Se é que esse pessoal (incluindo o juiz Sergio Moro) está mesmo disposto a pegar meio mundo, ou apenas o mundo que foi pego até agora…
O que disse João Santana:
“Com generosidade, e com conhecimento de causa, eu digo que 98% das campanhas no Brasil utilizam caixa dois. Que isso envolve das pequenas às grandes campanhas. Que centenas de milhares de pessoas – quase certo que milhões – de todas as classes sociais e de dezenas de profissões são remuneradas com dinheiro de caixa dois. Mais que isso: o caixa dois é um dos principais – senão o principal – centros de gravidade da política brasileira.
“Se todos que já foram remunerados com caixa dois no Brasil fossem tratados com o mesmo rigor que eu, era para estar aqui, atrás de mim, uma fila de pessoas que chegaria a Brasília. Uma muralha humana capaz de concorrer com a muralha da China. Capaz de ser fotografada por qualquer satélite que orbita em torno da terra”.
E agora? Pegam o João Santana, o Vaccari e quem mais?

Caixa sete

Scanner_20160721

Monica Moura, mulher do marqueteiro João Santana, finalmente admitiu que ela e o marido receberam dinheiro de caixa 2 do PT em 2010.
Deu no Jornal Nacional, com a reprodução do diálogo de Monica com o juiz Sergio Moro.
É um esclarecimento e tanto. O Brasil ficou sabendo, estarrecido, que as campanhas políticas (só do PT, claro) são pagas com dinheiro de caixa 2.
E também foi esclarecido que Monica não fez a delação antes (dando o nome de um engenheiro que teria feito o pagamento) para não interferir na votação do impeachment pela Câmara.
O bom desses depoimentos é que fica evidente que só um partido recebia caixa 2. Os tesoureiros dos outros partidos recebiam de caixa 3, caixa 4, até de caixa 8, mas não de caixa 2.
O caixa 2 foi uma invenção patenteada por Delúbio Soares no mensalão. E o PT, por egoísmo, usou todo esse tempo o caixa 2 com exclusividade.
O golpismo, além de cínico, subestima a capacidade de discernimento de todos nós.
Até quando? Até quando eles acharem que nossa resignação aguenta.