Voltem

Faço um esforço para ser modesto mas não consigo. Em debate com Juremir Machado e Marco Weissheimer, na semana passada, na Feira do Livro, eu disse o que Dilma Rousseff afirmou agora à Folha.
Não haverá política, nem conciliação, nem democracia sem o retorno de quem entrou na fria de bater panelas.
O fim do golpe depende da volta à política dos que se equivocaram e enfrentam agora o constrangimento do silêncio.
Não falo, claro, da extrema direita que nunca saiu da política, mas da classe média que entrou na conversa do pato amarelo e da Globo. Voltem. Vamos conversar.

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/11/1935029-e-preciso-perdoar-quem-bateu-panela-diz-dilma-rousseff.shtml