13300

Estou republicando aqui o texto que divulguei desde o início da minha campanha a deputado estadual pelo PT/RS com o número 13300

QUEM É MOISÉS MENDES

Sou um interiorano que virou jornalista aos 17 anos. É assim que me defino, como um fronteiriço que nasceu em Rosário do Sul, passou infância e adolescência no Alegrete e trabalhou depois em Livramento. A Fronteira é minha referência de vida.

Trabalhei em 10 veículos da imprensa do Estado, iniciando na Gazeta de Alegrete e passando por A Plateia, de Livramento; Folha de São Borja, O Semanário, de Bento Gonçalves; Correio Serrano, Rádio Progresso e Cotrijornal, de Ijuí; Companhia Jornalística Caldas Júnior; O Interior, da Fecotrigo; e Zero Hora. Nos últimos dois anos, sou colaborador, como colunista, do jornal Extra Classe e mantenho o blogdomoisesmendes.

Sou candidato a deputado estadual pelo PT. Pretendo levar para a política de representação as marcas e a coerência do que fiz no jornalismo em defesa das liberdades e da diversidade.

Considero que a atuação no parlamento estadual pode ser pautada não só por temas regionais, mas também pelas grandes questões do país, em todas as áreas. Vou orientar meus compromissos pela democracia em seu sentido mais amplo e consequente.

Pretendo, como sempre fiz no jornalismo, me dedicar de forma permanente ao combate ao racismo, à xenofobia e à homofobia. E defender o meio ambiente, o servidor e o patrimônio públicos.

Meu grande desafio será participar da implementação de um projeto estadual de comunicação, com iniciativas capazes de fortalecer uma imprensa progressista e alternativa ao conservadorismo da mídia hegemônica. Vou lutar pela ampliação das possiblidades de acesso à informação.

 

O QUE DEFENDO

  • Acredito na política como expressão da democracia. Não há democracia sem partidos e sem representação eleita.
  • É o exercício da política que combate desigualdades, o ódio, o fascismo, a discriminação de negros e gays e toda forma de intolerância. E todas essas são, sim, também questões a serem tratadas nos legislativos estaduais.
  • Acredito na força das ideias que vêm da população. Um mandato deve ser a expressão de demandas, projetos e sonhos das pessoas, e não espaço a ser usurpado por representações desconectadas da realidade.
  • Defendo o fortalecimento da democracia direta, que teve em Porto Alegre o exemplo do Orçamento Participativo, construído em governos do PT e depois abandonado por sucessivos governos conservadores.
  • Desejo contribuir para que o Rio Grande do Sul recupere a sua imagem, com o fortalecimento de posições progressistas e inovadoras, ao lado dos sindicatos, dos ambientalistas, dos pequenos agricultores, dos sem-terra, dos sem-teto, dos artistas e dos militantes cotidianos da democracia, onde estiverem.
  • Tenho como grande desafio a contribuição para construção de um projeto democrático de comunicação. Um dos grandes erros dos setores progressistas foi a omissão em relação a iniciativas que podem facilitar e democratizar o acesso a informações produzidas fora da grande imprensa. Vou lutar pelo resgate da TVE e da FM Cultura.
  • Quero ser cobrado pelo que é fundamental entre discurso e prática, em qualquer atividade: a coerência. E fiscalizado como responsável por ideias e ações que, na sua essência, não podem ser conflitantes.
  • É possível fazer política com eventuais entendimentos e convergências entre discordantes, mas sem conchavos e sem acordos espúrios e oportunistas.
  • Quero ser parte de um Legislativo para entender seus mecanismos de funcionamento, que não podem nunca estar submetidos apenas à apreciação de projetos impostos pelos governos e por interesses privados.
  • Continuarei sendo jornalista de opinião e não deixarei de escrever.
  • Desejo contribuir para a reversão do golpe de agosto de 2016.

 

One thought on “13300

  1. É possível fazer política com eventuais entendimentos e convergências entre discordantes, mas sem conchavos e sem acordos espúrios e oportunistas.
    Assino embaixo.
    O que seria do verde se todos optassem pelo azul?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 7 =