A conexão Padilha

A morte de Antônio Claudio Albernaz Cordeiro é lamentável para a família e os amigos e também para a polícia, o Ministério Público e a Justiça.
Tonico, como era conhecido, confessou participação como doleiro no esquema de transferência de propina para muitos políticos, entre os quais o ex-ministro Eliseu Padilha.
Mas o que mais ele sabia e que não contou e que nunca mais ninguém ficará sabendo?
Não há como não respeitar o drama pessoal de quem chega a esse ponto, considerando-se a hipótese de suicídio. Nem todos são imunes às sequelas de um delito desse porte.
Que os responsáveis pelo esquema que o empurrou para esse pântano sem volta não fiquem impunes, como muitos que continuam livres e soltos por aí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


2 + 2 =