As ditaduras, o nazismo e o fascismo sempre tentaram camuflar suas crueldades com uma certa arrogância ilustrada, como os militares fizeram no Brasil pós-64.
Nunca uma extrema direita foi tão chinelona como agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 6 =