O Vasco vai ganhar pouco do véio da Havan (menos de R$ 500 mil por mês) para associar o clube e o time a uma marca identificada com a extrema direita.
Mas já tem time que associa sua imagem ao bolsonarismo e de graça.
O futebol é o reduto dos reacionários. As exceções são as exceções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 5 =