One thought on “

  1. Pelo menos 90% dessas pessoas foram mortas por hidroxicloroquina e cloroquina.

    Quando Trump falou sobre a “cloroquina” milhares de pessoas no mundo todo, incluindo o Brasil, correram para comprar. Quando Bolsonaro falou, foram mais ainda, a ponto de esgotarem de quase TODAS as farmácias, inclusive em Copacabana.

    Uma portadora de Lúpus teve que se deslocar mais de 200 quilômetros para encontrar porque esgotaram de todas as farmácias da região dela no Ceará.

    Por isso resolveram exigir receita médica e também para dar lucro aos hospitais particulares.

    A demanda foi tão grande que só a EMS uma das três autorizadas a fabricar hidroxicloroquina teve que produzir 3 vezes mais. Ou seja, mais de um milhão. E os adultos deram para as crianças também, razão pelo qual surgiu essa “síndrome” agora. Síndrome uma ova. É consequência do uso de hidroxicloroquina. Estranho são as famílias de 100 mil pessoas não estarem fazendo nada, nem desconfiarem, a não ser entrar na justiça para pedir pensão.

    Exumem os corpos, façam autópsias e só DEPOIS digam que foi Covid.

    Que esquerda é essa que finge que não vê? Já disse: basta ler a bula e os fios soltos se ligam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


5 + 1 =