Leia abaixo a íntegra da reportagem do Poder360 sobre o dinheiro que o véio da Havan escondia nas Ilhas Virgens Britânicas.

MARIO CESAR CARVALHO e GUILHERME WALTENBERG

O empresário Luciano Hang manteve por 17 anos uma empresa num paraíso fiscal sem informar às autoridades que tinha dinheiro no exterior, como determina a lei.

Criada em 1999 nas Ilhas Virgens Britânicas, um paraíso fiscal no Caribe, a offshore só foi regularizada em 2016, graças a uma lei sancionada pela presidente Dilma Rousseff, segundo documentos obtidos pelo Poder360 no projeto Pandora Papers, do ICIJ (Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, na sigla em inglês).

Dois anos depois de ser regularizada, a empresa de Hang, chamada Abigail Worldwide, tinha em conta US$ 112,6 milhões, o equivalente a R$ 604 milhões, pela cotação atual do dólar.

O valor aparece num documento do banco suíço EFG Bank encaminhado a Hang em 16 de outubro de 2018. O “Interim Portfolio Valuation” (avaliação provisória da carteira) é o registro de 30 páginas com citações a investimentos em 178 empresas multinacionais e brasileiras.

Hang se autodeclara nacionalista, anda de terno verde e amarelo, mas na hora de investir segue a receita dos empresários globalizados: aplica seus recursos em locais que não cobram impostos de offshore, como é o caso das Ilhas Virgens Britânicas.

A série Pandora Papers é o resultado de uma investigação de 11 meses da qual participaram 615 jornalistas de 149 veículos em 117 países. No Brasil, fazem parte da apuração jornalistas do Poder360, da revista Piauí, da Agência Pública e do site Metrópoles.

https://www.poder360.com.br/

2 thoughts on “

  1. Não podemos esquecer, Moisés, que este homem é um abnegado social. Da emprego a milhares de pessoas , segundo seus defensores. Mas sonega impostos e é cobrado por não recolher INSS e FGTS de seus empregados. Além disto tem sido um grande e incansável batalhador pela redução dos direitos dos trabalhadores através de alterações das leis trabalhistas.
    Enfim,, um grande brasileiro . Legítimo representante da elite branca e escravocrata deste país.

  2. Moisés, tenho trabalhado o conceito de “corrupção normativa”, isto é, legaliza-se formas espúrias de atividade financeira e assim deixa de ser ilegal (corrupta)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


5 + 3 =