Esse é o jornalismo que corteja a extrema direita e é incapaz de perceber que não há comparação possível entre o furto de joias e a morte de uma criança de sete meses na cheia que destrói o Rio Grande do Sul.

Abaixo, o link para o texto no Extra Classe:

https://www.extraclasse.org.br/opiniao/2024/05/a-filha-de-gabrielli-da-silva-e-as-joias-de-eliane-cantanhede/

4 thoughts on “

  1. Bom, pelo Menos essa madame defende o Lula no Estadão.

    Mas os liberais não têm empatia. Eles não conseguem compreender o que é o sofrimento, o que é passar por dificuldade. Antes mesmo do termo “bolha” ser usado para indicar grupos ideologicamente fechados, esses liberais bem nascidos já viviam em bolhas de gente rica, protegendo-se da ralé em condomínios fechados.

  2. Também achei perfeito Moisés seu comentário!! Essa raça da extrema direita são todos uns insensíveis desumanos!!

  3. “raça” da extrema direita ? Quer dizer qye você é RACISTA, Tânia Maria Alves dos Santos ? E o LULA comemorando o acidente da BOIENG, que matou mais de 350 pessoas, porque isso ajudou a EMBRAER ? Muito sensível e humano o tal de LULA, né mesmo ? E o LULA no palanque berrando “quer bater em mulher, vai bater lá fora, e não dentro de casa” É a turma do AMOR kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


8 + 8 =