A ACELERAÇÃO DE RICARDO BARROS

O ritmo de Ricardo Barros na CPI do Genocídio é de aceleração na arrancada.

O líder de Bolsonaro parece um narrador de corrida de cavalos. Está ofegante.

Há uma mistura de excitação, nervosismo e impaciência. E já disse essa frase para fazer rir:

“O combate à corrupção está no DNA do governo Bolsonaro”.

A tropa de choque, liderada por Flavio Bolsonaro, conseguiu tumultuar o interrogatório e provocar a suspensão da CPI, no começo da sessão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 2 =