A bala

Antes de ir dormir, mais esta: o bandido que matou Ágatha Félix invadiu o hospital para onde levaram a menina, logo depois do tiro de fuzil, para tentar roubar a bala alojada no seu corpo.

O assassino só não levou o que seria a prova do crime porque os médicos reagiram, é o que conta a revista Veja.

Mas a perícia já avisou que a prova não é assim tão importante. Os fragmentos de bala encontrados são de um fuzil, mas nunca se saberá de que fuzil. Então…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 1 =