O FORAGIDO QUE DESAFIA ALEXANDRE DE MORAES

O golpista Allan dos Santos continua afrontando o ministro Alexandre de Moraes. Um blogueiro militante do fascismo, arremedo de Coringa dos tempos bolsonaristas, é a voz incendiária que fala em nome de Bolsonaro pelo fechamento do Supremo, debocha e faz ataques pessoais.

É onde chegamos. O mais bravo ministro do STF, o que mais enfrenta a família no poder e não teme seu entorno fardado e suas milícias, é ironizado e ameaçado pelo líder da chinelagem, um sujeito com ordem de prisão que grita dos Estados Unidos certo da impunidade.

O mandado de prisão expedido por Moraes é de 21 de outubro. Allan dos Santos escapou da extradição até agora e virou o herói avulso do bolsonarismo, como um dia Sarah Winter também foi.

A mais alta corte do país é desafiada por um bandido de quinta categoria que deveria ter sido extraditado para o Brasil. Se fosse de esquerda, já teria sido. Já teriam dado um jeito, com a colaboração dos americanos.

Não acontece nada com Allan dos Santos, como não acontece agora e talvez não aconteça nunca com os incluídos na lista de criminosos da CPI do Genocídio.

Allan dos Santos é tão impune e ameaçador quanto sonegadores que ameaçam e perseguem jornalistas e nunca são enquadrados pela Justiça.

Um bandido do submundo virtual, financiado por bandidos da sonegação (incluindo o maior sonegador do Brasil) do submundo real, é o Coringa de Bolsonaro, um foragido protegido e visitado pelos filhos do sujeito.

É o estágio do rebaixamento do fascismo. Bolsonaro escreve uma cartinha para Moraes, logo depois do 7 de setembro, e solta Allan dos Santos da coleira para latir e rosnar.

Se ele continuar nos Estados Unidos, continuará latindo e será a fera do fascismo, sem qualquer controle, contra a urna eletrônica e contra a eleição.

Um foragido é hoje, como farsante, o maior inimigo do Supremo, da eleição e da democracia. E quem diz algo em defesa de Moraes?


___________________________________________________________________

PAIXÕES
Por que brasileiros de esquerda continuam apaixonados pela Rússia e por Putin? Ah, porque ele defende a Venezuela, por exemplo.

Mas se não defendesse a Venezuela, iria defender o quê? Só a Síria?
Qual é a utilidade da Rússia que não seja a de contraponto à selvageria capitalista ocidental?

Para que serve Putin, um déspota que nem comunista é? Será que serve mesmo para conter o poder ocidental?

Será que Putin protege de fato Maduro como deveria proteger?

Alguém acredita mesmo que Putin será o vitorioso nessa guerra, mesmo que vença a Ucrânia?

____________________________________________________________________

OUTRAS GUERRAS
Nesse momento, famílias e amigos de esquerda estão divididos entre os que amam e os que odeiam Putin e Almodóvar.

Com um atenuante para Almodóvar. Nunca será amiguinho de Bolsonaro.

____________________________________________________________________

HUMOR

____________________________________________________________________

O CINISMO AMERICANO
Cristina Kirchner expõe em texto compartilhado pelo jornal Página 12 o cinismo dos Estados Unidos.

Sempre defenderam, depois da anexação da Crimeia pela Rússia, que essa era uma república autônoma da Ucrânia.

Mas nunca um governante americano ergueu a voz para defender que as Ilhas Malvinas pertencem à Argentina.

(O link para o texto está logo abaixo)

https://www.pagina12.com.ar/404437-texto-completo-de-la-declaracion-de-cristina-kirchner-sobre-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 4 =