A GRANDE GUERRA

O grande embate político não será mais entre a direita e a esquerda. Será entre os neopentecostais e os militares que deflagraram esta semana a grande guerra do século 21 no Brasil.
O maior embate, a mãe de todas as batalhas será entre esses dois grupos pela partilha do poder do governo Bolsonaro.
Generais, pastores, diabos, anjos e quem estiver por perto vão participar de duelos e exorcismos intermináveis. A Globo e a Record farão parte da guerra, e não só da cobertura.
Deus, por enquanto, está com os neopentecostais, porque têm mais afinidades. Mas Deus é pragmático e sabe que não existe Céu sem partido.
Quem acredita em alguma coisa, que reze.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 3 =