A grande imprensa recua: o ex-juiz não caçou o PCC

Jornalistas sem compromisso com o lavajatismo estão fazendo hoje o que já poderiam ter feito ontem, se procurassem se informar sobre a farsa criada em torno de Sergio Moro como caçador de bandidos.

Jornais, sites, blogs e redes sociais estão esclarecendo um dado decisivo para que Moro seja desmascarado.

O ex-juiz suspeito mentiu ao dizer que tentou complicar a vida de membros do PCC. É tudo mentira (veja texto anterior nesse blog).

Também os jornalistas da grande imprensa, que foram ludibriados pelas informações de ontem, estão finalmente se desculpando: Moro não caça nada.
Moro só caçou Lula, para ser depois empregado de Bolsonaro.

Este trecho [é do artigo de Ricardo Kotscho no UOL:

“Sergio Moro, como sabemos, é o melhor marqueteiro dele mesmo, apesar da oratória mambembe, um produto midiático que ganhou fama internacional ao fazer uma joint-venture com alguns profissionais da imprensa, em nome do combate à corrupção e, como se soube mais tarde, na defesa de interesses políticos e econômicos particulares e de terceiros”.

Só o Globo, que deve a Moro o vazamento da conversa de Lula e Dilma, insiste que o ex-juiz suspeito é herói de alguma coisa.

2 thoughts on “A grande imprensa recua: o ex-juiz não caçou o PCC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 9 =