A GUERRA

Esqueçam o Queiroz, os milicianos, o laranjal do ministro do Turismo, a disputa por espaços entre civis e militares no governo de Hamilton Mourão. Esqueçam o pacote de Sergio Moro que a direita desmontou.
Poucos ouvirão as queixas de quem sabe que pobres, velhos e miseráveis serão condenados à morte com a reforma da previdência proposta pelo governo.
Porque agora ninguém vai ouvir queixas, nem o povo. Esqueçam até a Damares.
Agora, o foco é a guerra com a Venezuela. Passaremos dias, meses, talvez o ano todo entretidos com as ameaças contra Maduro.
A manchete dos jornais de amanhã será a guerra. O povo vai debater a guerra.
Bolsonaro arrumou finalmente o brinquedinho que sempre quis para que os laranjais e a guerra interna por poder saiam de pauta. Bolsonaro pinta-se para a guerra contra a Venezuela.
Não se surpreendam se daqui a alguns dias o cara aparecer dentro de uma farda militar daquelas com camuflagem. Aguardem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 6 =