DEPUTADO MIRANDA COMEÇA ATIRANDO

Quem pode, deve parar o que está fazendo. Começa agora a sessão que vai ouvir os irmãos Miranda, que hoje podem destroçar o governo Bolsonaro.

Luís Ricardo Fernandes Miranda, chefe da divisão de importação do Ministério da Saúde, e seu irmão, o deputado Luís Cláudio Miranda (DEM-DF) vão falar sobre os rolos na compra superfaturada da vacina indiana Covaxin.

Há suspeitas de participação ou omissão de Bolsonaro, Pazuello e um coronel lobista do Ministério da Saúde.

O deputado começa o depoimento atirando e reafirma a denúncia: o irmão estava sendo coagido a assinar a compra de vacina superfaturada.

A denúncia foi levada pelos irmãos a Bolsonaro, na reunião de 20 de março, no Alvorada, mas o sujeito não tomou nenhuma providência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 4 =