A NOVA COMPANHIA DE BOLSONARO

Teve uma presença marcante na manifestação do agronegócio neste sábado em Brasília. O ministro Braga Netto estava lá, e sem máscara.

É o novo acompanhante de Bolsonaro em agendas com temas extremistas. Augusto Heleno ganhou folga.

Nunca em governo algum ministros da Defesa participaram de atos pelo fechamento do Supremo.

Só no governo de Bolsonaro. O antecessor de Braga Netto, general Fernando Azevedo e Silva, também participou uma vez, em maio, ao lado de Bolsonaro, num helicóptero de guerra, quando a líder dos protestos era Sara Winter.

O general Braga Netto participa no chão, enquanto o chefe monta a cavalo. Bolsonaro chegou ao local de helicóptero, mas ninguém informou se Braga Netto estava junto.

O que se sabe é que o general se sentiu tão à vontade que subiu num palanque, pegou o microfone e discursou.

Braga Netto agradeceu o carinho dos manifestantes com Bolsonaro. Seu antecessor não chegou a tanto.

One thought on “A NOVA COMPANHIA DE BOLSONARO

  1. Este general não seria aquele do plano pró-brasil, o projeto natimorto de recuperação econômica do país, espinafrado pelo nosso GÊNIO da economia? Já que agora ele comanda uma pasta na qual se sente mais à vontade, bem que poderia elaborar um projeto para impedir a entrada de drogas e armas pelas fronteiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


1 + 5 =