A romaria dos candidatos à submissão

Poucas cenas devem ser tão constrangedoras hoje quanto as conversas de Bolsonaro com os candidatos à chefia da Procuradoria-Geral da República. O que eles conversam?

Os pretendentes submetem suas ideias e trajetórias pessoais e profissionais a alguém que deixa claro o que espera deles. E o que espera, todo mundo sabe, é submissão.

As conversas devem ser assustadoras. Pela incapacidade do interlocutor de articular qualquer reflexão básica, de expressar a mínima consideração pelas estruturas que sustentam a democracia e o sistema de Justiça e de passar confiança e respeito a quem conversa com ele.

Quem vai conversar com Bolsonaro encaminha-se para uma armadilha conhecida. E todos foram beijar sua mão sabendo que estão diante de alguém que pretende subjugar o Ministério Público em todas as áreas, começando pelos direitos humanos e passando por questões ambientais, direitos dos índios e o próprio combate ao que eles da extrema direita chamam de crime organizado.

Que crime organizado Bolsonaro pode querer combater, se a própria família está sob investigação, a partir da acusação de que um filho senador comandava uma organização criminosa com participação de grupos ligados a milicianos?

Os candidatos a procurador não estão vendendo a alma ao demônio, porque até a imagem do demônio deve ser preservada numa hora dessas. O futuro procurador estará oferecendo seus préstimos, com altos custos, a alguém que não respeita nem a instituição cujo comando está em jogo.

Esqueçam a conversa de que o procurador terá atuação autônoma e que o corpo institucional e os quadros do MP não iriam aceitar essa submissão. Lembrem-se do que fizeram alguns procuradores-chefes, sem falar nos engavetadores do século passado e de hoje.

Bolsonaro vai escolher quem fecha com suas ideias e propósitos e que por ele possa ser subjugado, como parte da montagem de algo medonho ainda em criação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


9 + 5 =