A SANATA DO FASCISMO ARGENTINO

A extrema direita argentina tem o La Nacion e outros jornais conservadores para fazer lá o que o bolsonarismo faz aqui: combater o isolamento.

A manchete do La Nacion durante toda a manhã foi esta: Os perigos que perseguem Alberto Fernández na quarentena sem fim.

O La Nacion aliou-se aos que conspiram contra o isolamento compulsório, enquanto a pandemia cresce também lá.

Mauricio Macri diz todos os dias que a quarentena é uma ameaça à democracia.

O fascismo aliou-se ao negacionismo em toda parte. A peste deu munição à extrema direita.

Os jornais Página 12, El Destape e outros progressistas fazem o contraponto.

O Página 12 acusa os jornais macristas de promoverem uma “sanata” pseudocientífica contra o que a direita chama de populistas (os peronistas-kirchneristas).

Sanata aqui tem sentido de conversa fiada, enrolação. Vale ler a explicação sobre o significado de sanata, compartilhado do Educalingo:

“Sanata é um gênero humorístico inventado pelo bem sucedido comediante argentino Fidel Pintos, que consiste em monólogo longo com murmúrios e palavras desconectadas e sem sentido, mas mantendo a postura e dando a aparência de que estes são pensamentos profundos e coerentes. Por extensão, o termo foi incorporado no lunfardo, para denotar todas as formas de linguagem confusa e incompreensível, em que é exposto um argumento sem sentido ou idéias claras. Uma maneira de falar sem dizer nada, mas para que o interlocutor pense que algo foi dito.”

É o que os aliados da peste fazem na Argentina e no Brasil, inclusive com a retórica negacionista de médicos do bolsonarismo aqui e cientistas do macrismo lá.

____________________________________________________________________

A direita argentina ataca a quarentena numa das tentativas de reação às investigações sobre o esquema de espionagem montado por Macri durante seu governo, para vigiar Cristina Kirchner e políticos da oposição, além de jornalistas e sindicalistas.

Textos anteriores aqui no blog tratam do escândalo dos arapongas de Macri.

Nos links abaixo, os textos do La Nacion e do Página 12:

https://www.lanacion.com.ar/politica/albert0-100-nid2386614

https://www.pagina12.com.ar/274976-oposicion-y-cuarentena-sanata-pseudocientifica-contra-los-po

One thought on “A SANATA DO FASCISMO ARGENTINO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


8 + 6 =