A última humilhação

O Supremo corre o risco de ser usado para mais uma jogada imoral do lavajatismo, se Bolsonaro indicar o ex-juiz à vaga de Celso de Mello apenas para se livrar de um competidor da extrema direita em 2022.

Este é meu artigo quinzenal no Extra Classe.

https://www.extraclasse.org.br/opiniao/colunistas/2020/01/sergio-moro-as-vesperas-da-ultima-humilhacao/?fbclid=IwAR27qQKTM9sU0ZFYdYvAo_59eCfQ_WNJ_H8LiZce8iYDWBCGzKL5urmQdvI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


1 + 5 =